Este é o fim do mundo como conhecemos (e eu me sinto bem!)

Pra quem gosta de música, já deve ter notado que este título não é nosso, mas de uma música do R.E.M. – “It’s the end of the world as we know it (and I feel fine) – que foi lançada em 1987 e relançada em 1991. Com um clima pós-apocalíptico, o clipe da música mostra uma criança brincando em[…]

Gastos do governo – O impacto do PIB em nossas vidas

Acompanhe os textos anteriores da série: Parte I – Identidade macroeconômica, Parte II – Estados Unidos e Parte III – Emirados Árabes Unidos. Imagine viver em um lugar, onde os hospitais, escolas e universidades, além de públicos, são reconhecidos internacionalmente por seus altos padrões de qualidade. Onde os pais podem se ausentar do trabalho por até um ano e quatro meses, sem interrupção[…]

Corrupção, o vírus da economia

Colaborou para este texto Albeni Correia de Azevedo, estudante de Ciências Econômicas na Universidade Paulista, com experiência nas áreas financeira e contábil no mercado hoteleiro.   Há um tempo, o Prof. Luiz Carlos Cruz, da UNIP, propôs os seguintes questionamentos: O que eu não tenho ainda explicação, o que impacta na nossa economia, todos esses[…]

Xô, recessão técnica!! Xô?!

Foi vastamente noticiado na mídia que o Brasil vivenciou uma recessão técnica no primeiro semestre desse ano. Mas nós saímos da recessão técnica!! O terceiro trimestre do ano apresentou o modesto crescimento de 0,1%. Será que isso é motivo de comemoração? O que isso quer dizer? Bem, recessão é um fenômeno ligado ao processo de[…]

Receba o AE1