Reforma da Previdência – por que a pressa em votá-la?

De repente, inúmeros políticos da esfera federal de poder, mostram-se extremamente preocupados com o nível de investimento público no Brasil. Bom, talvez isso seja reflexo de termos atingido em 2017 o menor nível de investimento público em muitas décadas. Talvez isso também seja a reverberação daquela situação em que estão metidas as contas públicas brasileiras.[…]

Resultado primário estrutural – a leitura que precisamos fazer

O superávit estrutural por definição, é a estimativa de desempenho orçamentário compatível com o PIB potencial de longo prazo e com preços de ativos negociados nos valores tendenciais, excluindo-se os efeitos de receitas e despesas julgadas “não recorrentes” (i.e., de caráter contábil ou temporário). (SALTO, 2016 p. 257). Essa definição de superávit estrutural dada por[…]

O papel da Selic na recessão

No dia 6 de dezembro o comitê de política monetária (Copom) optou por fazer um novo corte na taxa básica de juros (Selic). Desta vez, conforme “antecipado” na penúltima reunião, o corte foi menor: 0,5%. A redução colocou a taxa básica de juros em um patamar histórico de 7%, estabelecendo o menor nível praticado no[…]