IPCA de novembro: nem tudo são flores

Além do IPCA, o Brasil tem uma infinidade de indicadores de inflação e, acredite, isso é muito importante para nós. Em outros períodos, o governo mudava o indicador oficial como se muda de roupa. Se um descontrole inflacionário vindouro tivesse suas causas no câmbio, abandonava-se o IGP-DI e partia para o IPC. Se as causas[…]

Inflação, emprego e crise

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou recentemente a variação oficial de preços referente ao mês de dezembro de 2017. Com variação positiva em 0,44%, o índice anual ficou em +2,95% – pela primeira vez abaixo da meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). Conforme amplamente discutido no decorrer do ano, a principal[…]

Indicadores econômicos de preços

No post anterior em que introduzimos o assunto, dissemos que o Indicador é um direcional, um guia-orientador e, de certa forma, um facilitador em nossas vidas. Pensemos, portanto, num indicador como uma bússola, nos auxiliando a encontrar a direção. Quando se trata de economia, os indicadores são fundamentais para sabermos se estamos no caminho certo.[…]

Transporte público, parte III

Na matéria anterior de que tratamos do transporte público coletivo, entendemos como funciona o financiamento do transporte público na França (veja o texto anterior aqui). Hoje veremos como funciona esse esquema em um país com características similares ao Brasil. A Colômbia é um bom exemplo de modelo de financiamento e incentivo de utilização do transporte[…]

Transporte público, capítulo II – financiamento na Europa

Dando sequência à série sobre custos e financiamento do transporte público urbano (leia o primeiro texto aqui), neste segundo capítulo vamos explorar um pouco mais os bons exemplos que existem na Europa, especificamente o modelo francês. No mundo há diversos modelos de financiamento do transporte público, todos com o intuito de diminuir a tarifa para[…]

Deflação é a solução?

Recentemente, durante as eleições, ouvimos muito dos candidatos questões sobre como colocar a economia no eixo, ou seja, como retomar o ritmo de crescimento do PIB e levar a inflação para o centro da meta. Mas já imaginou vivenciar outro cenário econômico? Pois bem, o Japão está em uma situação um tanto diferente da nossa,[…]

Transporte público a R$1,20 no Brasil

No Brasil inteiro, muito se têm reclamado sobre os custos com o transporte público e o nível do serviço que é prestado. Vamos entender como funciona essa conta? O sistema de financiamento do transporte público nacional – com exceção da cidade de São Paulo onde há uma verba prevista em orçamento –, no geral, se[…]

Ainda sobre o preço dos carros no Brasil (gran finale)

​Para fechar o assunto do preço dos carros, há um terceiro aspecto, além do custo da mão de obra e do poder de mercado: os impostos! Sempre que se escuta o tema “preços no Brasil”, qualquer que seja o bem de consumo, em especial os carros, coloca-se grande parte da culpa nos altos tributos cobrados pelo[…]

Ainda sobre os preços dos carros no Brasil

Semana passada nós falamos sobre a influência do custo da mão de obra no preço dos carros. Entretanto, esse não é o único fator de peso. Hoje vamos falar brevemente sobre um outro ponto pouco abordado: o poder de monopólio. Só para lembrar, o monopólio ocorre quando existe somente um único vendedor no mercado, o[…]

Custo da mão de obra ou porque um carro é tão caro aqui no Brasil

Muito se fala sobre o preços dos bens duráveis no Brasil (carros, geladeiras, fogões, etc.), e como se sabe, todos dizem aos quatro ventos que tudo é caro por aqui. A ideia nesta pílula é apresentar alguns pontos relacionados e desenvolver melhor o assunto ao decorrer das próximas semanas. Hoje, nos jornais Folha de SP[…]

Receba o AE1