Potencial desperdiçado: presos poderiam acrescentar ao PIB R$ 14,1 bi ao ano

Potencial desperdiçado: presos poderiam acrescentar ao PIB R$ 14,1 bi ao ano

A população carcerária brasileira poderia acrescentar ao PIB (Produto Interno Bruto) do país aproximadamente R$ 14,1 bilhões ao ano, segundo levantamento feito pela Análise Econômica Consultoria nesta quinta-feira (26/01). O valor representa 54% do total gasto com o Programa Bolsa Família em 2016. Para chegar ao resultado, foram levados em conta, principalmente, dados divulgados pelo[…]

Economia brasileira pode voltar a crescer somente a partir de 2018

Existem fortes argumentos que endossam uma retomada da economia brasileira já para o ano de 2017. As apostas em favor desse argumento se dão mais pela visão de que as coisas vão tão mal que um crescimento no ano seguinte é algo quase que natural. Endossam esse argumento, por exemplo, o nível da utilização da[…]

Produção industrial brasileira apresenta maior queda entre as 20 grandes economias do mundo

Entre as vinte maiores economias do planeta, o Brasil é o país que mais recuou na produção industrial nos últimos meses. A queda brasileira registrada em setembro é de 4,80% na comparação com igual mês do ano passado, ao passo que a produção canadense, com crescimento de 9% em junho na comparação com o mesmo[…]

Análise Econômica Consultoria na USJT – 23 e 25/08/2016

Nos dias 23 e 25/08, terça e quinta-feira, o sócio-diretor da Análise Econômica Consultoria, André Galhardo Fernandes, apresentou o cenário econômico nacional e internacional para um grupo de estudantes e professores da Universidade São Judas Tadeu (USJT), campus Butantã (23) e campus Mooca (25). Fernandes apresentou os pontos mais importantes do cenário econômico nacional, como nível[…]

COPOM: Taxa básica é mantida em 14,25% ao ano

Por Nestor Rabello (Agência CMA)* O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu manter a taxa básica de juros em 14,25% ao ano (aa), na sétima manutenção consecutiva. A decisão já era esperada pelo mercado, conforme apontou a pesquisa Termômetro CMA. Todas as 23 instituições consultadas pelo levantamento apostaram em manutenção da Selic em 14,25%. A decisão[…]

COPOM: Começa 2ª etapa da reunião; mercado prevê manutenção da Selic

Por Nestor Rabello (Agência CMA)* Começou, às 16h51, a segunda etapa da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, na qual será definido o patamar da taxa básica de juros, atualmente em 14,25% ao ano, que vai vigorar até 20 de julho. O mercado aposta em manutenção da Selic, aponta a pesquisa[…]

Análise Econômica Consultoria no Cieja – 12/05/2016

No dia 12/05, quinta-feira, o sócio-diretor da Análise Econômica Consultoria, André Galhardo Fernandes, apresentou o cenário econômico nacional e internacional para um grupo de estudantes e professores do projeto Cieja (Centro Integrado de Educação de Jovens e Adultos), em Sapopemba, na Grande São Paulo. Fernandes apresentou os pontos mais importantes do cenário econômico nacional, como nível[…]

Setor externo é pontapé inicial para retomada da economia

Por Weruska Goeking (de O Financista) Um dos poucos segmentos a mostrar resultados positivos em meio a maior recessão do país desde 1931, o setor externo é “saída alternativa” para a economia brasileira, avalia André Galhardo Fernandes, sócio e diretor de estudos econômicos do setor público da Análise Econômica Consultoria. Em março, o país registrou superávit[…]

Dados dos EUA mostram que crise de 2008 não acabou

Por Weruska Goeking (de O Financista) Um olhar mais atento aos indicadores econômicos dos Estados Unidos mostra que a crise global iniciada no mercado financeiro em 2008 ainda persiste e deve provocar novos desdobramentos na economia real, especialmente nos países desenvolvidos. A avaliação é da Análise Econômica Consultoria. “A economia norte-americana está mais fragilizada do que[…]

O Banco Central realmente jogou a toalha?

Por André Galhardo e Franklin Lacerda para O Financista. Existe um amplo debate há décadas sobre qual o papel do Banco Central diante de um cenário recessivo combinado com inflação elevada. Esse debate foi reaceso no Brasil, especialmente devido ao nível geral de preços registrado nos últimos anos. Em primeiro lugar, temos que ter claro[…]

Levy deve deixar governo antes de aprovação do pacote

Por Priscilla Oliveira (Agência CMA)* A proposta de salvação da economia do ministro Joaquim Levy fracassou, sem tempo hábil para salvar 2015. As incertezas de que o ajuste fiscal proposto pelo chefe da Fazenda ainda possa ter êxito na missão de, pelo menos, iniciar o reequilíbrio das contas públicas neste ano alimentam, cada vez mais,[…]

CPMF dificilmente resolverá desafios do 2º mandato Dilma

Por Priscilla Oliveira (Agência CMA)* Principal aposta do governo para reverter o déficit nas contas públicas previsto para o ano que vem, a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) dificilmente resolverá os desafios econômicos do segundo mandato da presidente Dilma Rousseff, avaliam especialistas em economia consultados pela Agência CMA. A proposta de recriação da CPMF foi[…]

Receba o AE1