Desemprego nos EUA permanece estável

O departamento de trabalho dos Estados Unidos divulgou hoje a taxa de desemprego no país no mês de setembro. O número permaneceu estável com relação a agosto.

Apesar de permanecer estável, o número segue a tendência de baixa verificada desde o começo de 2010. Na verdade o número de 5,1% no desemprego é o mais baixo em sete anos.

Apesar da convergência da taxa para o que o Federal Reserve considera o necessário para imprimir um ritmo mais forte de variação de preços, o secretário de trabalho dos Estados Unidos, Thomas E. Perez, fez algumas ponderações acerca do indicador de setembro.

O número de desempregados continua a sua trajetória de queda, no entanto, com menos vigor que o verificado no ano passado e que não se pode esquecer de que a crise ainda permanece no ‘retrovisor’.

Perez voltou a falar sobre os salários reais que permanecem baixos e estáveis ao longo do ano. Destacou ainda que muitos trabalhos encontrados são somente para a subsistência e não para um crescimento efetivo da renda familiar, ou seja, muitos dos postos que estão sendo criados estão na ala de subempregos e, por isso, os Estados Unidos tem agido na capacitação de jovens e adultos para o mercado de trabalho.

Perez citou ainda que o congresso norte-americano deveria aprovar um projeto de infraestrutura para que a criação de empregos volte a ganhar força e remunere com salários mais altos.

Este é mais um elemento que coloca mais dúvidas com relação à normalização da sua política monetária ainda neste ano.

Créditos da imagem: http://bit.ly/1FMN8VO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.