A Grande Semana - Painel Semanal #130

A Grande Semana – PS#130

Visão Geral Após uma semana de agenda limitada, feriados e atenção a Davos (veja o Painel Semanal #129 para saber mais), a intensidade é grande com uma enorme série de indicadores econômicos relevantes. Além, disso questões políticas locais e internacionais também estiveram presentes. A semana que passou começou com um dado pouco amigável para os mercados[…]

Potencial desperdiçado: presos poderiam acrescentar ao PIB R$ 14,1 bi ao ano

Potencial desperdiçado: presos poderiam acrescentar ao PIB R$ 14,1 bi ao ano

A população carcerária brasileira poderia acrescentar ao PIB (Produto Interno Bruto) do país aproximadamente R$ 14,1 bilhões ao ano, segundo levantamento feito pela Análise Econômica Consultoria nesta quinta-feira (26/01). O valor representa 54% do total gasto com o Programa Bolsa Família em 2016. Para chegar ao resultado, foram levados em conta, principalmente, dados divulgados pelo[…]

Comércio Internacional – Impacto do PIB em nossas vidas

  Uma jovem camponesa decide largar seu vilarejo natal e ir trabalhar em uma fábrica da cidade, seguindo o caminho trilhado por muitos de seus amigos de sua geração que, apesar de amar o local onde viviam, não viam ali perspectiva de crescimento ou até de sobrevivência. Ao chegar na cidade, suas expectativas de obter[…]

Investimento – O impacto do PIB em nossas vidas

No meio do deserto saudita há um oásis de paz e prosperidade, onde os padrões de riqueza não são nada modestos e nem de longe faz pensar que está situado bem próximo a uma região com vários conflitos políticos. Os Emirados Árabes Unidos (EAU) são exemplo do que se espera de uma economia altamente baseada[…]

Consumo – O impacto do PIB em nossas vidas

Estamos nos Estados Unidos, no começo da década de 40. A sociedade, até então desesperançosa com o passado, parece estar finalmente vendo uma luz no fim do túnel. Se você fosse perguntar pra população o porquê dessa motivação, dificilmente eles saberiam explicar. Eles ainda estavam em guerra contra alguns países, e há bem pouco tempo[…]

O impacto de Y=C+I+G+(X-M) em nossas vidas

Um desses dias, durante a aula, o professor nos propôs uma reflexão com base na equação Y=C+I+G+(X-M), sob o seguinte questionamento: “se você fosse o novo presidente do Brasil, de que forma você alteraria as variáveis desta equação a fim de promover o crescimento econômico?” Olha, eu até entreguei, mas confesso que ficou muito aquém do[…]

Série Produto Interno Bruto – Identidade Macroeconômica

O produto interno bruto (PIB) representa a soma (em valores monetários) de todos os bens e serviços finais produzidos numa determinada região (quer sejam países, estados ou cidades), durante um período determinado (mês, trimestre, ano, etc). O produto interno bruto é um dos indicadores mais utilizados na macroeconomia com o objetivo de quantificar a atividade[…]

Ceteris Paribus e os modelos de interpretação

Hoje, queremos explicar um conceito muito simples e muito comum em economia, aliás, dois conceitos: ceteris paribus e modelos. Bem, primeiramente, você faz ideia do que significa ceteris paribus? A ideia é simples; e vamos usar um exemplo para simplificar. Pense que você tem três ingredientes para fazer um suco: água, açúcar, e refresco em[…]

Estamos entrando em um estado de estagflação?‏

Estagflação foi um termo criado na economia moderna, sendo visto na literatura econômica pela primeira vez em meados de 1970, para definir uma economia com baixo crescimento e altas taxas de inflação. Mas antes de explicar o que vem a ser estagflação, vamos dar um panorama nas bases envolvidas na construção deste conceito. A inflação[…]

Indústria – a parte mais delicada do PIB‏

Pelo décimo terceiro mês consecutivo, a indústria na zona do euro registra queda na atividade. Esse é o resultado apresentado pela consultoria Markit, que é especializada no monitoramento deste tipo de atividade. Este resultado mostra uma tendência mundial que reflete o aumento da custo de manter indústrias em países desenvolvidos. Desde o começo do século[…]

Compulsório e crédito – de onde vem, para onde vão?

Após recebermos várias notícias relacionadas ao fraco crescimento do PIB, o Banco Central resolveu reagir e disponibilizar 25 bilhões para reanimar a economia. Sabe de onde vem esse dinheiro? Da sua conta! Mas calma, não se desespere, eu explico: além das operações comerciais, direcionadas aos clientes, os bancos devem prestar contas ao Banco Central (Bacen),[…]

O que a produtividade da economia tem a ver com o meu salário?

Aumento de salários, acordos sindicais, dissídios. Nos últimos meses nós vimos estes assuntos aos montes na mídia. Mas por que as empresas simplesmente não reajustam estes salários de acordo com as demandas sindicais? Funcionário bem remunerado é funcionário produtivo, correto? Nem sempre. Todo aumento salarial deve estar atrelado a produtividade da empresa. Se a empresa[…]

Receba o AE1