E o termo de hoje é: Política monetária

A política monetária é um conjunto de ações e medidas adotadas pelo governo com o intuito de adequar a quantidade de meios de pagamento (moeda, crédito, ações, títulos, etc.) disponíveis na economia para atender a demanda dos agentes econômicos para realizar as suas operações do dia-a-dia. Estas medidas geralmente são executadas pelo Banco Central, órgão encarregado de emitir moeda, regular o crédito, realizar a manutenção do padrão monetário e o controle do câmbio. Os principais instrumentos utilizados são: controle da taxa de juros (a taxa SELIC, no Brasil), taxa de redesconto (taxa para os bancos que solicitam empréstimos junto ao Banco Central); operações no Open Market (compra e venda de títulos públicos); e o sistema de reservas compulsórias (percentual das reservas dos bancos comerciais que o Banco Central exige que sejam guardadas com ele). A política monetária é muito eficaz, pois seus efeitos são imediatos na economia. Além disso, ela é bastante flexível e não necessita da aprovação do poder legislativo, tornando-a o instrumento mais utilizado pelos governos. No Brasil, como em outros países, a política monetária é vastamente utilizada no combate à inflação.

 

Dúvidas, críticas ou sugestões? Mande um e-mail para contato@analiseeconomica.com.br

3 thoughts on “E o termo de hoje é: Política monetária

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.