CDB, CDI, como eu faço pra investir?‏

Hoje vamos falar de duas siglas que você já deve ter ouvido falar principalmente do seu gerente de conta: CDB e CDI.

CDB significa Certificado de Depósito Bancário e nada mais é do que uma grana que você empresta ao banco para que ele financie seus investimentos, como um empréstimo invertido, no qual você é o credor e o banco seu devedor. Este investimento tem um prazo definido pra voltar pro seu bolso e os rendimentos voltam pra você com taxas de retornos generosos em comparação à poupança. Tudo depende da quantidade ou do tipo de CDB que você contratar.

O lado negativo a ser colocado na balança é que o CDB possui uma tarifação de 20% do imposto de renda para prazos inferiores a 360 dias. De 361 dias em diante, a alíquota do imposto de renda cai para 17,5%. Já a poupança é isenta desta tarifação.

O CDI é a mesma coisa, mas só funciona entre os bancos. Antes de sair da poupança para um CDB ou algum título atrelado ao CDI é importante levar em consideração o seu perfil de investidor, se mais agressivo ou conservador.

Pense também nos seus objetivos: onde você quer chegar? O que você pretende conquistar? E qualquer outra dúvida, crítica ou sugestão, mande em um e-mail pra gente em contato@analiseeconomica.com.br.

Para saber mais:
Veja como optar pelo CBD ou pela poupança – http://bit.ly/1EJSGuR

Créditos da imagem: http://bit.ly/1EJSGuR

One thought on “CDB, CDI, como eu faço pra investir?‏”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.