Planejamento previdenciário: o que é e por que fazer

Nas colunas anteriores, terminei os textos chamando atenção para o fato de que para não ter surpresas desagradáveis no momento da aposentadoria, o segredo é se planejar. Contudo, em nenhum dos dois textos eu defini o que seria esse planejamento e nem como ele deve ser feito.

Não, eu não queria deixá-los sem essa informação, e também não queria criar um suspense desnecessário. Preferi, antes disso, trazer apenas dois textos demonstrando como a falta de planejamento pode influenciar a sua aposentadoria. Os textos anteriores podem ser lidos aqui e aqui.

Além das inúmeras regras que o próprio sistema previdenciário traz, existem outros tantos fatores complicadores no momento da aposentadoria. Fatores de ordem burocrática, tais como: recolhimento contribuições em atraso, documentos incorretos/faltantes, cálculos etc., isso para ficarmos em pouquíssimos exemplos. É nesse momento que você percebe a importância de ter feito um planejamento prévio da sua aposentadoria.

Mas o que é e como funciona o planejamento previdenciário?

O planejamento previdenciário é feito com base no seu histórico previdenciário, tecnicamente chamados de CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais). Nele constam informações da sua “vida previdenciária”, isto é, das contribuições que você já fez, empresas onde trabalhou, atividades que exerceu, tempo de trabalho etc.

Com esse histórico, é possível diagnosticar e corrigir eventuais erros, calcular o tempo que resta para se aposentar, o momento ideal para requerer o benefício, o valor mensal que receberá e planejar os próximos passos.

Planejar os próximos passos, em síntese, é tomar as medidas necessárias para adequar a situação atual à situação almejada. Trocando em miúdos, é dizer quanto você receberia mensalmente com o atual cenário e o que deve fazer para receber o valor mensal que gostaria no futuro. Afinal, o salário que receberá futuramente de aposentadoria é proporcional ao que você contribuiu mensalmente durante o período que esteve trabalhando.

Ficou com alguma dúvida? Envie e-mail para contato@fernandeschristofaro.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.