Empresa não pode ter mais de 30% do faturamento penhorado

Quem é empresário sabe, principalmente em tempos de crise, que está difícil “sobrar” dinheiro no final do mês. Imagine, ainda que devidamente, retirar 30% de onde já não sobra. Certamente seria o fim da empresa. O que, obviamente, geraria outros tantos danos (aumento do desemprego, queda na fonte de arrecadação, retração da economia etc.). Atento[…]

Receba o AE1